Quarta - 8 de julho

Fotos

testemunhos

NOME: Margita

Sou da Eslováquia trabalho na Alemanha como auxiliar da geriatria. 
Durante a pandemia tive que ficar 3 meses em casa sem receber salário, mas Deus supriu todas as minhas necessidades.
Depois da abertura das fronteiras viajei para Alemanha e descobri que todos os que trabalham na área da saúde tem direito a receber um bónus. Eu cheguei no último dia de poder enviar os documentos, fiquei desiludida com a situação.
Entreguei a situação nas mãos de Deus. Sou fiel nos dízimos e sempre semeio na obra de Deus.
Alguns dias depois o governo mudou a data de entrega dos documentos e recebi o bónus.
Deus mais uma vez confirmou que quando andamos nos caminhos dele e confiamos nele, Ele cuida de nós em qualquer situação.

NOME: Sara Gomes

Deus me livrou de uma armadilha, que quase custou o meu emprego de 12 anos. Sou subgerente de uma agência de um banco, no dia 20/06 faltou dinheiro na tesouraria de AKZ 1.000.000,00.
No dia da diferença de valores houve troca de tesoureiras, e a fazerem a entrega de valor nenhuma contou quanto é que havia. Eu como responsável cometi um erro pois devia supervisionar e exigir a recontagem dos valores. Os meus diretores sabiam quem foi a colega que fez isso, mas se a penalizassem, eu e a outra colega também seríamos penalizadas e seria despedimento em massa.
Fiz um pedido de oração, porque já estavam a ameaçar de perder o emprego, pois temos uma administração muito radical, mas como o nosso Deus é um Deus de amor, justiça e um Deus misericordioso, me livrou e não me deixou envergonhada.