Fotos

testemunhos

NOME: David

É um jovem de 19 anos que no início do ano ficou sem ter onde morar devido a problemas familiares. Uma irmã da Igreja deu-lhe casa e comida e levou-o à Igreja onde entregou a vida a Jesus. Sofria ataques de epilepsia todas as semanas e não conseguia arranjar trabalho. Foi acompanhado em Consultas Pastorais, sempre fiel ao GF e às reuniões de Lutar até Vencer e Encontro com Deus. Hoje já tem trabalho e desde que entregou a vida a Jesus nunca mais teve qualquer ataque de epilepsia.

NOME: Jacinta

Trabalha num Jardim de Infância. A avó de uma das crianças telefonou-lhe muito aflita porque o seu esposo tinha sido internado de urgência com graves dificuldades respiratórias, logo ficou isolado por suspeita de Covid-19. A irmã falou a Palavra de Cura e orou pelo senhor. No dia seguinte, e segundo os médicos, inexplicavelmente o Senhor ficou bem e quando saiu o resultado do teste deu negativo.

NOME: Terena Pinin

Pediu oração a semana passada pelo seu marido que iria ser operado às cataratas no olho. A operação correu muito bem, os médicos estão surpreendidos com a recuperação rápida e só queria agradecer ao Apostolo e a Deus.

NOME: Fernanda

Pediu oração pelos seus documentos e já os tem em mão. Decidiu dar o seu testemunho em gratidão a Deus e para dizer a quem esta com esse problema, Cofie em Deus. Ele vai resolver.

NOME: Aparício de Jesus

Venho da Regional Braga, sou empresário com uma média empresa, e com a pandemia fechei, e falei com o meu pessoal a dizer que não voltaria a abrir, mas a todo o tempo eu estava conectado com o programa Basta crer, e um dia Deus pós no meu coração semear uma oferta, que para essa altura era grande, mas sem vacilar semeei. Hoje tenho a empresa aberta, restruturei o negócio e tenho os empregados a ganharem mais e ainda admiti mais 3. Deus é bom.

NOME: Vanda Cruz

Na semana passada ouvi uma senhora a falar que estava a passar muito mal e que não comia há dois dias e que queria se suicidar. Estava para ser despejada porque neste mês não conseguia pagar a renda, trabalhou com recibo verde só que não lhe pagava e andava à procura de outro emprego. Também sentia-se mal e tinha dor no peito. Quando ouvi tudo isso aproximei-me da senhora e falei-lhe de Jesus. Ela desatou a chorar e entregou a vida a Jesus. Convidei-a para o meu grupo familiar.
No dia do grupo familiar ela assistiu e agradecia a Deus por tudo e convidei a senhora para a reunião de domingo. A senhora foi e oramos no grupo familiar pela senhora e ela já conseguiu o emprego. Está feliz e diz que Deus fez um milagre na vida dela e que aquele vazio e desespero que sentia desapareceu, para honra e gloria de Deus.